Alturas de Messi e Ibrahimovic são exemplos em pedido de liminar da Defensoria Pública deferido por ministro do STJ

Alturas de Messi e Ibrahimovic são exemplos em pedido de liminar da Defensoria Pública deferido por ministro do STJ

06/10/2020 Notícias 0

Uma foto dos jogadores de futebol Lionel Messi e Zlatan Ibrahimovic ajudou na suspensão do início da sentença de um homem acusado de assalto em Santa Catarina. O ministro Rogério Schietti Cruz, do Superior Tribunal de Justiça – STJ, deferiu a medida de urgência pedida em habeas corpus impetrado pelo Núcleo Recursal Criminal da Defensoria Pública do Estado de Santa Catarina em favor de um assistido que havia sido condenado a cinco anos e quatro meses de reclusão em regime semiaberto por assalto a um restaurante em Tubarão, em 2018.

O réu, primário, havia sido condenado exclusivamente por reconhecimento fotográfico pelas vítimas, que informaram à autoridade policial e em juízo que o assaltante tinha 1m70cm de altura. No entanto, no pedido de liminar formulado no habeas corpus, o defensor público Thiago Yukio Guenka Campos observou que o réu VSG tem 1m95cm de altura, 25cm a mais do que o declarado pelas vítimas. O réu foi assistido pela defensora pública Rafaela Duarte Fernandes, da 1ª Defensoria Pública do Núcleo Regional de Tubarão, que colheu os documentos que instruíram a petição.

No habeas corpus impetrado, o defensor público juntou uma foto dos jogadores Messi (1m70cm) e Ibrahimovic (1m95cm) quando atuavam juntos pelo Barcelona, imagem que evidencia a disparidade de altura entre os dois. No pedido de liminar, a Defensoria Pública observou, também, que o réu corria o risco de perder o emprego e deixar desassistidas a mulher e a filha de cinco anos, o que produziria efeitos irreversíveis em sua vida social e familiar.