Após recomendação do NUDEM, Governo do Estado retoma a vacinação de gestantes e puérperas sem comorbidades

Após recomendação do NUDEM, Governo do Estado retoma a vacinação de gestantes e puérperas sem comorbidades

18/06/2021 Notícias 0

Na noite de hoje, 18 de junho, o Governo do Estado de Santa Catarina anunciou a retomada da vacinação contra a Covid-19 de gestantes e puérperas sem comorbidades (Nota Técnica n. 29/GEDIM/DIVE/SUV/SES). De acordo com a Deliberação 81/CIB/2021, as gestantes, puérperas e lactantes deverão apresentar prescrição ou declaração médica atestando sua condição, além de documento de identidade com foto ou cartão do SUS.

Nas últimas semanas, o Núcleo de Promoção e Defesa dos Direitos das Mulheres (NUDEM) da Defensoria Pública havia expedido recomendações à Secretaria Estadual de Saúde no sentido da necessidade de retomar a vacinação das gestantes e puérperas sem comorbidades, apresentando argumentos técnicos para demonstrar a viabilidade da imunização com vacinas dos laboratórios Pfizer e Sinovac/Butatan e a urgência da medida, dados os elevados índices de mortalidade materna por Covid-19. Além disso, o NUDEM apontou que uma série de Estados já haviam retomado a vacinação, como São Paulo, Paraná, Minas Gerais, dentre outros. 

Na quinta-feira (17), a Bancada Feminina da ALESC expediu ofício à Secretaria Estadual de Saúde, corroborando com o teor da recomendação enviada pelo NUDEM e solicitando a retomada da vacinação.

“É uma notícia muito aguardada por todas nós, que lutamos pelo direito à saúde e à vida das mulheres catarinenses”, disse a coordenadora do NUDEM, defensora Anne Teive Auras. “A imunização das gestantes e puérperas é fundamental para frear a mortalidade materna por Covid-19”, afirmou.