Defensoria pede informações sobre quantidade de presos atendidos com problemas respiratórios graves

Defensoria pede informações sobre quantidade de presos atendidos com problemas respiratórios graves

15/03/2021 Notícias 0

A Defensoria Pública do Estado de Santa Catarina, por meio do Núcleo de Cidadania, Igualdade, Diversidade, Direitos Humanos e Coletivos (NUCIDH), encaminhou ofício ao diretor do Departamento de Administração Prisional – DEAP, Deivisson Querino Batista,requisitando informações sobre a quantidade de pessoas presas atendidas por profissionais de saúde em decorrência de problemas respiratórios graves dentro dos estabelecimentos prisionais do Estado de abril a dezembro de 2019, de abril a dezembro de 2020 e de janeiro a março de 2021. O DEAP tem prazo de 20 dias para dar as respostas.

De acordo com a coordenadora do NUCIDH, defensora pública Ana Paula Fischer, o Núcleo recebeu Notícia de Fato encaminhada pelo NUDEM – Núcleo de Promoção e Defesa dos Direitos das Mulheres, dando conta de que membros da sociedade civil teriam denunciado que haveria mais presos e presas contaminadas por Covid-19 no sistema prisional do que indicam os boletins da Secretaria de Administração Prisional – SAP.

“Ainda que se reconheça a excelência do trabalho transparente realizado pela SAP e pelo DEAP na divulgação dos dados relativo à Covid-19 dentro dos estabelecimentos prisionais, impõe-se a apuração dos fatos para averiguar a regularidade dos procedimentos adotados no enfrentamento da pandemia”, disse Ana Paula Fischer.