Defensoria Pública acompanha situação da ocupação por famílias de baixa renda de um prédio vazio pertencente ao governo do Estado

Defensoria Pública acompanha situação da ocupação por famílias de baixa renda de um prédio vazio pertencente ao governo do Estado

22/09/2021 Notícias 0

Na noite de sexta-feira passada (17 de setembro), um grupo de famílias de baixa renda, pessoas que moram de favor em casa de parentes ou que não tinham mais condições de pagar o aluguel onde estavam, ocupou um prédio pertencente ao governo do Estado, e cedido ao Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina, que se encontrava abandonado na Rua Dib Cherem, no bairro Capoeiras, em Florianópolis.

Por meio do NUHAB – Núcleo de Habitação e Urbanismo e Direito Agrário, a Defensoria Pública de Santa Catarina esteve no local, que passou a ser denominado Ocupação Anita Garibaldi, na tarde de segunda-feira (dia 20), para avaliar a situação, a pedido de uma organização da sociedade civil, e está prestando assistência jurídica às famílias, promovendo a intermediação com os entes públicos.

No início da tarde de segunda, o diretor de Logística e Finanças do Corpo de Bombeiros, coronel Eduardo Gomes da Rocha, assinou e afixou na entrada do prédio um ofício requerendo a desocupação voluntária do prédio, que estaria sendo reformado para servir de almoxarifado da instituição, sob pena de ação judicial para a retomada coercitiva do imóvel e a reintegração de posse. As famílias que ocuparam o prédio negam que ele estivesse sendo reformado. O Corpo de Bombeiros Militar acionou a Procuradoria-Geral do Estado para reaver a posse do imóvel.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *