DEFENSORIA PÚBLICA DE SANTA CATARINA INICIA ERA DIGITAL PARA MELHOR ATENDER O CIDADÃO CATARINENSE QUE NÃO TEM CONDIÇÕES DE PAGAR PELO ACESSO À JUSTIÇA

DEFENSORIA PÚBLICA DE SANTA CATARINA INICIA ERA DIGITAL PARA MELHOR ATENDER O CIDADÃO CATARINENSE QUE NÃO TEM CONDIÇÕES DE PAGAR PELO ACESSO À JUSTIÇA

Notícias 0

Publicado: 21 Novembro 2019

A era digital começa a se tornar realidade também para a Defensoria Pública de Santa Catarina. A razão é que a instituição deu início no mês de julho de 2019, no projeto de implantação da plataforma digital conhecida como Solar, que tem por objetivo a virtualização de sua atividade fim.

 O sistema Avançada em Atendimento de Referência, também conhecido como Solar, foi criado pela equipe da Tecnologia da DPE do Tocantins. Em julho deste ano, a Defensoria Pública de Santa Catarina assinou o termo de cooperação técnica com a Defensoria Pública do Tocantins visando implantar a plataforma Solar na Instituição.

Segundo a Defensora Pública-Geral, Ana Carolina Dihl Cavalin, a adesão ao Solar vai ao encontro dos anseios da Instituição, pois ainda não há um sistema de gestão de processo eletrônico de atendimento aos assistidos.

Na segunda, dia 18 de novembro, foi realizado na 8ª Defensoria Pública da Capital, Núcleo de Família, cinco atendimentos cem por cento digital, onde toda a tramitação, desde a recepção do assistido, passando pela triagem até a atuação do defensor responsável, ocorreu via sistema.

Foram cadastrados cinco casos no Sistema Solar, todos da área cível e família.  

Segundo o Gerente de Tecnologia da DPE, Daniel Duarte, “trata-se de mais uma etapa vencida. Os ganhos com a redução do tempo de atendimento, com a segurança do armazenamento das informações e a tramitação do processo de forma digital, serão comemorados não apenas pela DPE, mas por toda a sociedade que busca por seus direitos”.

Ainda conforme ele, o cronograma de projeto contempla, para 2019, a virtualização por completo de um dos Núcleos da Defensoria da Grande Florianópolis.

Valquiria Guimarães

Assessoria de Comunicação

Defensoria Pública de Santa Catarina

20191104 145906