Defensoria Pública participa da negociação para libertação de reféns em rebelião na Penitenciária Sul em Criciúma

Defensoria Pública participa da negociação para libertação de reféns em rebelião na Penitenciária Sul em Criciúma

14/05/2021 Notícias 0

O defensor público Diego Torres, titular da 5ª Defensoria Pública de Criciúma, participou da negociação para a libertação de três reféns, na manhã desta sexta-feira (14 de maio), na rebelião ocorrida na Penitenciária Sul, quando 10 apenados da galeria H renderam dois agentes prisionais e uma psicóloga da unidade, aproximadamente às 9h da manhã. A rebelião encerrou por volta das 14h.

Defensor público Diego Torres ajudou na negociação com os presos e dirigentes do DEAP

Ao tomar conhecimento do motim, o defensor público Diego Torres entrou em contato com a juíza da Vara de Execuções penais e, logo após, se dirigiu até a Penitenciária Sul, localizada próxima à divisa entre os municípios de Criciúma e Araranguá. Juntamente com o representante da Comissão de Assuntos Prisionais da OAB local, Leonardo Henrique Mallmann, participou da negociação com os apenados rebelados e dirigentes do DEAP – Departamento Estadual de Administração Prisional para a libertação dos reféns mediante o encaminhamento das reivindicações dos presos.

Entre os pleitos estão a transferência dos presos que se rebelaram para outras unidades e reclamações quanto à superlotação na Penitenciária (que tem capacidade para 690 presos), queixas sobre a instauração de PADs – Procedimentos Administrativos Disciplinares a presos que estão perto de conseguirem a progressão para regime menos gravoso, escassez de alimentos, falta de incentivos à ressocialização (com a interrupção dos cursos profissionalizantes), além de questões sanitárias (presos sadios convivendo com presos com Covid-19).