DEFENSORIA PÚBLICA QUESTIONA LACEN SOBRE ATRASOS NOS RESULTADOS DE EXAMES PARA NOVO CORONAVÍRUS

DEFENSORIA PÚBLICA QUESTIONA LACEN SOBRE ATRASOS NOS RESULTADOS DE EXAMES PARA NOVO CORONAVÍRUS

15/07/2020 Notícias 0

Publicado: 15 Julho 2020

A Defensoria Pública do Estado de Santa Catarina (DPE-SC), por meio do Grupo de Apoio às Pessoas em Vulnerabilidade (GAPV), enviou ofício com uma série de questionamentos ao Laboratório Central de Saúde Pública de Santa Catarina (Lacen/SC). O boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde de Santa Catarina divulgado na última segunda-feira (13) informava que 3.396 exames estavam aguardando resultado no local.

“Nós queremos entender a situação e avaliar se há possibilidade real de dar fluxo a esses exames, cujos resultados dão respaldo a medidas de prevenção e combate a essa pandemia”, explica o defensor público Fernando André Pinto de Oliveira Filho.  

O Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimento de Saúde Pública Estadual e Privado de Florianópolis e Região (SindSaúde) emitiu recentemente nota denunciando a falta de insumos para a realização de testagem da COVID-19 no Lacen/SC.

O GAPV quer saber, entre outras coisas, qual é a capacidade de processamento das amostras colhidas e se o Lacen pretende e/ou possui condições estruturais para aumentar essa capacidade diária de processamento. Além disso, se quais seriam as alternativas para possibilitar a análise dos testes represados.

Bianca Backes

Assessora de imprensa
DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DE SANTA CATARINA

(48) 3665-6725 / (48) 98414-8268

Avenida Othon Gama D’Eça nº 622 – CEP 88015-240 – Florianópolis – SC