Defensoria Pública recomenda adequação do plano de vacinação estadual para resguardar direito à imunização de pessoas com deficiência e comorbidades

Defensoria Pública recomenda adequação do plano de vacinação estadual para resguardar direito à imunização de pessoas com deficiência e comorbidades

07/05/2021 Notícias 0

A Defensoria Pública de Santa Catarina, por intermédio de seus núcleos especializados de Cidadania, Igualdade, Diversidade, Direitos Humanos e Coletivos – NUCIDH e da Infância e Juventude, Direitos da Pessoa Idosa e da Pessoa com Deficiência – NIJID, juntamente com a Comissão Temporária para Enfrentamento da Pandemia – CTEP, encaminhou recomendação ao governo do Estado e à Secretaria Estadual de Saúde solicitando a adequação do Plano Estadual de Vacinação, especialmente no que diz respeito à Nota Técnica 467/2021, do Ministério da Saúde, que traz orientações quanto à imunização de pessoas com deficiência permanente e com comorbidades, solicitando que elas sejam vacinadas imediatamente.

De acordo com as defensoras públicas Sharon Simões, coordenadora do NIJID, Ana Paula Fischer, coordenadora do NUCIDH, e Bruna Guzzati de Barros Vieira, integrante do CTEP, que assinaram a recomendação, a referida nota prioriza a vacinação destes grupos e assim o Plano Estadual de Vacinação deve ser adequado.