Governo de SC atende recomendação da Defensoria e inclui novas populações vulneráveis nos grupos prioritários do Plano Estadual de Vacinação

Governo de SC atende recomendação da Defensoria e inclui novas populações vulneráveis nos grupos prioritários do Plano Estadual de Vacinação

Notícias 0

No novo Plano Estadual de Vacinação, divulgado esta semana pelo governo de Santa Catarina, foram atendidas as recomendações da Defensoria Pública do Estado de Santa Catarina, por meio do Grupo de Apoio às Pessoas em Vulnerabilidade – GAPV, para a inclusão de novas populações vulneráveis nos grupos prioritários para a vacinação contra a Covid-19.

“A readequação do plano de vacinação estadual, com inclusão dos grupos vulneráveis recomendados pela Defensoria Pública, representa verdadeira conquista e avanço para que o Estado atinja os objetivos do plano de vacinação nacional que são a diminuição de internações hospitalares e óbitos, já que a imunização das populações mais fragilizadas socialmente representa não só a proteção da vida e saúde dessas pessoas devido ao grau e risco de exposição à doença, como de toda a sociedade”, afirmou a defensora pública Ana Paula Fischer, coordenadora do Núcleo de Cidadania, Igualdade, Diversidade e Direitos Humanos e Coletivos – NUCIDH.

Nesta segunda versão do Plano, a população prioritária foi ampliada e agora inclui também pessoas com deficiência grave, pessoas em situação de rua, presos e quilombolas, que haviam sido objeto das recomendações da Defensoria Pública.

Além deles, o governo do Estado adicionou aos grupos preferenciais profissionais do transporte coletivo, transporte aéreo, integrantes das forças armadas, caminhoneiros e trabalhadores portuários, operários e da construção civil. No total, a estimativa é vacinar 2.898.763 pessoas dos grupos prioritários, quase 100 mil a mais do que estava previsto no plano divulgado em dezembro pelo governo do Estado.