InstagramFacebookTwitter

A Defensoria Pública do Estado de Santa Catarina encaminhou uma recomendação ao Governo do Estado e à Secretaria de Estado de Saúde, questionando quais são as evidências científicas que embasam a liberação de atividades laborais da construção civil e de trabalhadores autônomos. O documento, datado de segunda-feira (6), recomenda que sejam suspensas as portarias SES n. 214/2020 e da Portaria SES nº 223/2020na falta de informações estratégicas em saúde que embasaram tais medidas.