Em queda, a fila de espera por vagas na educação infantil ainda se mantém em patamar elevado, com 5,3 mil crianças cadastradas aguardando atendimento. A procura tem crescido na Defensoria Pública de Santa Catarina, também motivada pela busca de matrículas em período integral para quem tem vaga em um só turno.... Leia a coluna completa do jornalista Jeferson Saavedra..

 

 

20190409 140457