InstagramFacebookTwitter

Pela primeira vez na história da Defensoria Pública do Estado de Santa Catarina (DPE-SC), nesta sexta-feira (22), uma eleição para o cargo de Defensor Público-Geral e formação do Conselho Superior é realizada de forma totalmente virtual. O voto é obrigatório para todos os Defensores Públicos e, em outros anos, era realizado de forma presencial ou por envio de envelope. “Essa mudança é fruto da política de modernização da Instituição. Além de resolver a problemática do deslocamento, essa nova ferramenta acarreta não apenas economia de recursos materiais, mas, principalmente, garante com segurança a participação de todos no pleito”, comemora o Defensor Público-Geral, João Joffily Coutinho.

A solução começou a ser pensada na última eleição, em 2018, quando a votação aconteceu em meio à histórica greve dos caminhoneiros. “Ainda não tínhamos uma pandemia e nem poderíamos prevê-la, mas nos vimos em uma situação que nos desafiou a pensar em outra forma de se fazer uma eleição, sem abrir mão da segurança”, recorda o corregedor-geral da DPE-SC, Thiago Burlani Neves. Se a tecnologia já traria benefícios em tempos de normalidade, em meio à pandemia, se tornou imprescindível.

O ambiente virtual para o pleito, chamado de Sistema de Autenticação de Urna On-line (Saturno) foi todo criado pela equipe da Gerência de Tecnologia (Geti) da DPE-SC. Até a data da eleição, foram pelo menos três simulações para garantir a segurança para o sigilo dos votos. “Foi um trabalho em equipe. O técnico administrativo Helliton José de Souza se debruçou sobre a programação, a estagiária Fresia Luz Eliza Gálvez Chaves criou as artes que usamos no programa e outras pessoas se envolveram durante o processo”, destaca o gerente da Geti, Daniel Lemos Duarte.

Para votar, os 115 defensores públicos catarinenses precisarão apenas de um computador logado à rede oficial, entre as 8h e as 17h. O resultado para a definição da lista tríplice será divulgado no mesmo dia.

A presidenta da comissão eleitoral, Melina Camara Brigagão, chama a atenção também para o fato de, pela primeira vez, haver mais de três de candidatos à lista tríplice. Neste ano, são quatro candidatos à DPG e 11 para o Conselho Superior. “Uma vitória da democracia”, afirma a presidenta. A posse para os cargos está prevista para o dia 16 de setembro.

A posse para os cargos de membras e membros eleitos para o Conselho Superior da DPE-SC é dia 29 de junho.