Justiça Federal de Itajaí concede liminar a pedido da Defensoria Pública para determinar que o poder público providencie internação hospitalar e tratamento urgente a assistido

Justiça Federal de Itajaí concede liminar a pedido da Defensoria Pública para determinar que o poder público providencie internação hospitalar e tratamento urgente a assistido

02/12/2021 Notícias 0

A 7ª Defensoria Pública de Itajaí, através do defensor público Fernando André Pinto de Oliveira Filho, ajuizou ação na justiça estadual para garantir a realização de tratamento endoscópico com injeção de cianoacrilato para assistido em situação gravíssima e com risco de morte. 

O cianoacrilato é o mesmo material da cola tipo “super bonder” e, em tratamento endoscópico, é utilizado em casos de hemorragias causadas por varizes de fundo gástrico no aparelho digestivo. A entidade hospitalar na qual se encontrava internado não estava apta para a realização do procedimento, e sua transferência para outro hospital havia sido negada pelo poder público.

Posteriormente, o processo acabou remetido à Justiça Federal, que prontamente concedeu a liminar solicitada pela Defensoria Pública. O juiz federal Jurandi Borges Pinheiro determinou a adoção de todas as medidas necessárias para a internação do assistido no prazo de 12 (doze) horas.