Live na próxima sexta discutirá violência contra as mulheres, interseccionalidade e deficiência

Live na próxima sexta discutirá violência contra as mulheres, interseccionalidade e deficiência

29/09/2020 Notícias 0

Na próxima sexta-feira, dia 2 de outubro, às 13h30min, o Grupo de Apoio às Pessoas em Vulnerabilidade – GAPV, da Defensoria Pública do Estado de Santa Catarina, promoverá uma videoconferência com transmissão ao vivo pelo canal do YouTube da DPESC para tratar do tema “Violência contra as mulheres e interseccionalidade: diálogos sobre gênero e deficiência”.

A defensora pública Anne Teive Auras, que também integra o Conselho Estadual dos Direitos Humanos) e a Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Anadep (Associação Nacional das Defensoras e dos Defensores Públicos), vai falar sobre violência doméstica e familiar contra a mulher e sobre os desafios no enfrentamento a essa violência. “A Defensoria Pública do Estado de Santa Catarina é uma instituição que tem, como uma de suas funções, prestar assistência jurídica integral e gratuita às mulheres em situação de violência. E essa live que estamos promovendo é uma oportunidade de não apenas discutirmos a violência doméstica, mas também autonomia e liberdade, liberdade de viver sem medo, sem a tortura da violência, sem dominação, sem submissão”, disse Anne.

O evento terá como convidada Thais Becker, que é graduada em Direito pela UFSC e mestranda em Direito pela USP, com pesquisa nas áreas de Gênero, Deficiência e Políticas Públicas. Thaís vai abordar questões relacionadas às violências sofridas pelas mulheres com deficiência. Atualmente, ela integra o Grupo de Estudos e Pesquisas das Políticas Públicas para Inclusão Social (Geppis/USP), o Núcleo de Estudos sobre Deficiência (NED/UFSC) e o Coletivo Feminista Helen Keller. Também é residente no Centro de Apoio Operacional de Direitos Humanos do Ministério Público de Santa Catarina.

O debate será mediado pela defensora pública Juliane Schlichting, integrante do GAPV e titular da 3ª Defensoria Pública do Núcleo Regional de Joinville. O evento terá participação, também, da professora Silvana Aguiar dos Santos, coordenadora-geral do Programa de Extensão TILSJUR – Tradutores e intérpretes de língua de sinais na esfera jurídica da UFSC, e do professor Tiago Coimbra Nogueira, doutorando na Pós-Graduação em Estudos da Tradução na UFSC, diretor de articulação política da FEBRAPILS – Federação Brasileira das Associações dos Profissionais Tradutores e Intérpretes e Guia-Intérpretes de Língua de Sinais e professor do curso de Libras da UFRGS. Eles farão a tradução e interpretação da conversa na Língua Brasileira de Sinais – Libras.