NUDEM pede à Secretaria de Saúde a inclusão de todas as gestantes e puérperas no Plano Estadual de Vacinação

NUDEM pede à Secretaria de Saúde a inclusão de todas as gestantes e puérperas no Plano Estadual de Vacinação

29/04/2021 Notícias 0

O Núcleo de Promoção e Defesa dos Direitos das Mulheres da Defensoria Pública de Santa Catarina – NUDEM encaminhou ofício à Secretaria Estadual de Saúde solicitando que sejam adotadas as providências necessárias para a inclusão de todas as gestantes e puérperas no Plano Estadual de Vacinação contra a Covid-19, segundo os critérios estabelecidos na Nota Técnica divulgada na segunda-feira (26 de abril) pela Coordenação-Geral do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde.

De acordo com a defensora pública Anne Teive Auras, coordenadora do NUDEM, a taxa de óbito para gestantes e puérperas saltou de 7,6% em 2020 para 16,9% em 2021, segundo os dados do Observatório Obstétrico Brasileiro Covid-19 (OOBr Covid-19). No ano passado, no Brasil, foram registradas 457 mortes de gestantes e puérperas por Covid-19, enquanto que, em 2021, até o mês de abril, já foi atingida a triste marca de 436 óbitos maternos.

“O relatório revela, ainda, que em Santa Catarina o número de óbitos de gestantes e puérperas em 2021 já superou os óbitos do mesmo grupo em 2020 (foram sete óbitos em 2020 e já há registro de 13 óbitos em 2021). Da mesma forma, a taxa de internações de grávidas e puérperas em UTIs no Estado, que era de 16% em 2020, passou a ser de 26,12%, segundo as últimas informações que constam do relatório. O que significa dizer que, aqui no Estado, uma em cada quatro gestantes ou puérperas com Covid-19 precisa ser internada em Unidades de Terapia Intensiva”, destacou a defensora.