NOTÍCIAS


Cuidados com a Família

12 de Abril, 2022


Por meio de atuação do Núcleo Recursal da Defensoria Pública, o STJ determinou que um reeducando de 70 anos fique em prisão domiciliar para cuidados especiais da esposa, idosa, portadora de diversas debilidades que se submeterá a cirurgia e não possui outros familiares para prestar os devidos cuidados.

O defensor público Thiago Burlani Neves destacou que a idosa também de 70 anos, não dispõe de outros parentes que poderiam auxiliá-la; não possui renda para contratar um cuidador; sente muitas dores; e está na fila do SUS para uma cirurgia no fêmur. Assim, faltando pouco mais de 2 meses para a progressão para o regime aberto, o STJ concedeu a prisão domiciliar para os devidos cuidados da idosa acamada.







Fale conosco
Acesse nossos canais.

Buscar por Termo:


Buscar em:


Notícias - Data:

De:
Até:

Agenda - Data:

De:
Até: